Dominar para degradar

Goethe Institute

2021, Soundtrack and video edition

(Aconselhamos escutar com fones de ouvido)
Vídeo criado para o evento "Laboratórios do sensível | Intervenções artísticas no campo do ecofeminismo", Instituto Goethe, durante a residencia Kaaysá Art Residency, 2020.

A instalação performativa dá continuidade a um processo que as artistas (Luisa Lemgruber e Dandara Hahn) exploraram juntas ao longo do segundo semestre de 2020. As ações se baseiam principalmente na discussão sobre a construção do sistema apoiado em valores patriarcais e capitalistas, no qual as mulheres - considerando a diversidade de gênero e classe - e os elementos da natureza são oprimidos e vulnerabilizados.
As artistas performaram na tentativa de construir ao ar livre um cubo metálico constituído por bordas de hastes de aço flexíveis fincados ao solo, e superfícies cobertas por papel alumínio. Pensando na representação do elemento terra, pertencimento ao território e afirmação dos corpos.
Na tentativa de consolidar esta estrutura de materialidade maleável, frágil e sonora, a ação é marcada por uma repetição física e subordinada a ordens externas. Como resultado, o trabalho será montado em formato de vídeo, apresentando o processo dessa construção, evidenciando a sonoridade do material e da paisagem.

(We advise you to listen with headphones)
Video created for the event "Laboratories of the sensitive | Artistic interventions in the field of ecofeminism", Goethe Institute, during the Kaaysá Art Residency, 2020.

The performative installation continues a process that the artists (Luisa Lemgruber and Dandara Hahn) explored together during the second half of 2020. The actions are mainly based on the discussion about the construction of the system based on patriarchal and capitalist values, in which the women - considering the diversity of gender and class - and the elements of nature are oppressed and vulnerable. The artists performed in an attempt to build a metallic cube in the open air, consisting of flexible steel rods fixed to the ground, and surfaces covered with aluminum paper. Thinking about the representation of the earth element, belonging to the territory and affirmation of bodies. In an attempt to consolidate this structure of malleable, fragile and sonorous materiality, the action is marked by a physical repetition and subordinated to external orders. As a result, the work will be assembled in video format, presenting the process of this construction, showing the sound of the material and the landscape.

Concepção | Design: Dandara Hahn e Luisa Lemgruber
Instalação | Installation: Dandara Hahn e Luisa Lemgruber
Performers: Dandara Hahn e Luisa Lemgruber
Som | Sound: Luisa Lemgruber
Edição de video | Video edition: Luisa Lemgruber
Câmera | Camera: Dandara Hahn e Luisa Lemgruber
Colaboração | Collaboration: Giorgio Schiavon, Sara Michieletto, Yekaterina Gruzinova, Kaaysá Art Residency.